jac_motors_J3_ext_006

Apresentado há três anos, o J3 tem lugar garantido entre os lançamentos mais importantes do mercado brasileiro: bonito e bem-equipado, ele chacoalhou a concorrência, que se viu forçada a praticar generosos descontos ou se equipar para tentar conter a invasão chinesa. A qualidade do produto e do pós-venda assegurou sua posição de destaque, abalada apenas pela alta do dólar e pelo aumento do IPI para veículos importados em 2011.

Mesmo assim, o J3 mostrou virtudes suficientes para ser bem-aceito também entre os seminovos. A explicação começa pelo nível de equipamentos:ABS, duplo airbag, cintos com pré-tensionador, ar-condicionado, direção hidráulica, trio elétrico, alarme com controle remoto, volante com ajuste de altura, faróis de neblina, regulagem elétrica dos faróis principais, sensor de ré, banco traseiro bipartido, sistema de som com USB e abertura interna do porta-malas (de 350 litros) e do bocal do tanque de combustível.

Apesar da profusão de plástico, o acabamento interno típico da categoria dos hatches compactos traz baixo nível de ruído e boa sensação de solidez. O motor 1.4 a gasolina com bloco e cabeçote de alumínio e comando de admissão variável rende 108 cv. Já o câmbio de cinco marchas com acionamento por cabo é bem-escalonado, garantindo bom desempenho e consumo moderado. A altura em relação ao solo é adequada às condições brasileiras e a suspensão independente nas quatro rodas traz um acerto que é suave, mas não compromete a estabilidade. Robusto, o J3 resistiu incólume ao nosso teste de Longa Duração, sem apresentar nenhum problema mecânico durante os 60 000 km.

Em 2013, veio o J3 S 1.5 Jet Flex, com potência de 127/125 cv. No entanto, independentemente da versão escolhida, todos os J3 usados ainda estão no período de garantia, que é de seis anos – uma enormidade, acima até dos três anos de Clio e Sandero. A única notícia ruim para os admiradores do J3 foi o resultado do teste de impacto Latin NCAP: o hatch chinês conquistou apenas uma estrela na proteção a adultos, entre cinco possíveis, o mesmo que concorrentes como o Chevrolet Celta e Ford Ka.

Deixe uma resposta